Vereador Betinho Líder do governo na Câmara fala Sobre a Seção Extraordinária, Sobre as Emendas Impositivas e Sobre as Desconhecidas OSs

0
834
Câmara Municipal de Rio das Ostras-RJ-Arquivo
Carlos Afonso-Presidente da Câmara Municipal de Rio das Ostras-RJ

Atendendo a convocação para uma seção extraordinária do Presidente da Câmara Carlos Afonso todos os vereadores se fizeram presentes nesta segunda feira, 10 de dezembro e a pauta ao contrário do que foi divulgado nas redes sociais não foi a votação do orçamento do governo para o ano de 2019 e sim e releitura das “Emendas Impositivas”. 

Vereador Betinho-Líder do governo na Câmara Municipal de Rio das Ostras-RJ.

O site de Olho em Rio das Ostras-RJ esteve presente a seção e no final conversou  com o vereador Betinho Líder do governo na Câmara de vereadores do Município de Rio das Ostras-RJ que fez questão de esclarecer a população todas as dúvidas sobre as questões que foram postadas nas redes sociais, desde seção às escuras, represália ao prefeito Marcelino da Farmácia 

De Olho em Rio das Ostras-RJ: Vereador Betinho por que a seção desta segunda feira, dia 10 de dezembro para discutir o orçamento de 2019 aconteceu em caráter extraordinário?

Vereador Betinho: “Nós ainda não voltamos hoje o orçamento para 2019 como foi falado publicado nas redes sociais e nem fizemos nenhuma reunião às escondidas da população, mesmo porque eu como exerço a liderança do prefeito jamais admitiria uma situação dessa, a seção foi aberta para a população, porque  se fosse pra esconder a Câmara dispõe de prerrogativa de realizar seções fechadas sem a participação do público, o que fizemos foi à releitura das “Emendas Impositivas” que já haviam sido votadas, para apreciação e esclarecimento a população de Rio das Ostras, e como o prefeito enviou muitas outras boas novidades o que provocou um acúmulo, o que obrigaria a concluir as devidas votações pela madrugada adentro, devido o volume de projetos e atendendo a convocação do Presidente da Câmara vereador Carlos Afonso, nós resolvemos definir essas “Emendas Impositórias” nesta segunda feira em seção extraordinária, sem nenhum custo para o município e com a maior transparência, para que o público tomasse conhecimento desse que trará um grande benefício para os cidadãos desta cidade que pela primeira vez será posta em prática por um executivo do município, as chamadas “Emendas Impositivas” tendo sido aprovada em plenário e será inclusa no orçamento do município de 2019”.

“De Olho em Rio das Ostras-RJ: Vereador Betinho o senhor pode explicar com clareza o que são essas “Emendas Impositivas”?

Vereador Betinho: “Na verdade essa prática é muito usual nos governos estaduais e federal, geralmente o presidente da república os governos dos estados destinam uma parte do orçamento, no nosso caso aqui foi 1,2 por cento, sendo que metade desse recurso por lei tem que ser destinado para saúde, portando no nosso caso foi de quinhentos e onze mil reais para cada vereador, a metade deste valor terá que ser destinado à secretaria de saúde, então duzentos e cinquenta e cinco mil e quinhentos reais vai direto para a saúde”.    

“Os governos estaduais e governo federal costumam destinar essas verbas aos seus aliados, coisa que o prefeito Marcelino usando de uma grande generosidade estendeu a todos os vereadores independente de partidos por igual até para três deles que falam mal até da mãe do prefeito toda semana”.

De Olho em Rio das Ostras-RJ: Quais são os benefícios práticos que essas emendas trarão para o município e seus moradores?

Vereador Betinho: “O total em dinheiro das emendas distribuído por todos os 13 vereadores dará um total de seis milhões, seiscentos e quarenta e três reais, se eu quiser usar o que me cabe,ou seja, se eu quiser construir uma quadra de esportes, uma pista de Skate para determinado bairro, o dinheiro não vai dar, isso no meu caso que sempre fui ligado a esportes, mas no caso do vereador Fábio Simões, que é saúde e quiser construir um posto de atendimento, essa quantia não vai chegar nem de perto do que ele precisará,  por isso nos unimos todos, com exceção do vereador Misaias Machado, que preferiu não participar dos projetos coletivos e  vamos usar em cinco a seis projetos coletivos maiores, por exemplo na área da pesca, nós iremos trazer para Rio das Ostras, um grande aquário criadouro de peixes de água doce como Tilápias, Tucunaré, Tambaqui, camarões e muitos outros  pescados e será desenvolvido e administrado pela a nossa Colônia de pescadores  Z-22 , sob a fiscalização da secretaria de meio ambiente e pesca e custará hum milhão, duzentos e cinquenta mil reais,  e cada um dos vereadores colocará um pouco mais de cem mil neste projeto que vai gerar uma fonte de renda para o município através de vendas, por exemplo, para a empresas como as que fornecem merenda escolar e outros mercados ”.  

“Outros projetos como Centro de Hemodiálise, que de acordo com meus colegas de bancada: Dr. Fabio Simões, Carlos Afonso entre outros chegamos a conclusão que um centro de hemodiálise na cidade vai trazer benefícios a muita gente que não precisarão mais se deslocar para outra cidade para fazer esse procedimento e juntamos um pouco de cada um para realização desse que trará um grande benefício para a cidade,  programas para-esportivos para pessoas com deficiências, clínica para dependentes químicos outra carência na cidade e muitos outros projetos que trarão muito mais comodidade e atenderá as necessidades de muitos moradores de Rio das Ostras, é pra isso que servirá o dinheiro que a prefeitura destinará aos vereadores, voltarão integralmente para a população, enfim o que é mais interessante nisso não é só o recurso é também a oportunidade que o prefeito pela primeira vez no município dá a cada vereador de criar uma nova rubrica dentro das respectivas secretarias porque mesmo que o Vereador destine uma quantia para uma  determinada secretaria mesmo que seja dez ou vinte mil e o governo tem condições e sentirá cada vez mais motivado para complementar esses valores por ter mais recursos porque a rubrica já foi aberta, isso fará com que os vereadores participem muito mais diretamente da administração. ao contrário do que pensam algumas pessoas que só sabem espalhar mentiras enchendo as redes sociais de boatos”.

De olho em Rio das Ostras-RJ quis saber do líder do governo na Câmara, o vereador Betinho se as chamadas Organizações Sociais (OSs) estarão  incluídas no orçamento a ser aprovado nesta terça e quarta feira, dias 11 e 12 quando será finalmente votada e ele respondeu:

“O custo com a UPA deverá ser em torno de hum milhão e quatrocentos todo o material móvel e equipamentos será por conta da prefeitura e todo o pessoal, exames, medicamentos, manutenção tudo por conta das Organizações Sociais (OSs) que está sendo licitada e a previsão para funcionar será em janeiro”.

“Temos alguns casos bem sucedidos de Organizações Sociais (OSs) na região por exemplo: Quissamã; Niterói e Casimiro de Abreu, no Rio de Janeiro funcionou muito bem na gestão do prefeito Eduardo Paes porque ele pagava as mesmas e na troca de governo as OSs deixaram de receber e logicamente  pararam de funcionar”.

Deixamos um espaço para as considerações para que o vereador que é o líder do governo na câmara se despisse e agradecemos a sua clara explanação:

“Eu que agradeço a oportunidade de poder esclarecer as dúvidas do contribuinte e dizer que devemos acreditar nas promessas desse governo que está apenas começando e ao mesmo tempo pedir paciência para a população porque o prefeito encontrou uma prefeitura com muitas dificuldades em todos os setores, principalmente no quesito saúde, basta vermos a dificuldade que teve para a reposição de remédios na  rede de saúde devido as burocracias de praxe que deveriam ter sido resolvidas ainda pelo governo passado devido a demora para a licitação que passa pelo Tribunal de contas do Estado e demora no mínimo três meses sem contar com o tempo da entrega pelos fornecedores, mas tudo isso já foi resolvido e não faltará mais remédios a população conforme prometeu o prefeito Marcelino da Farmácia e vamos continuar depositando a nossa confiança nele que apesar de só está começando tem trabalhado incansavelmente para nos devolver a alegria de sermos Riostrenses”, finalizou o vereador Betinho.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA