Oito unidades de saúde de Rio das Ostras realizam coletas para exames de sangue

1
1070

Desde quando o atendimento de coleta para exames de sangue foi descentralizado em Rio das Ostras, o serviço vem agradando moradores, principalmente, pela comodidade. Atualmente, são oito unidades de saúde prestando esse atendimento no Município, que estão realizando 50 coletas por dia.

Os atendimentos para coleta acontecem a partir das 7h até às 10h, e o agendamento é feito na própria unidade. Às segundas-feiras tem coleta de sangue em Rocha Leão e Nova Cidade. Já em Cidade Praiana acontece às terças-feiras. Às quintas-feiras em Mar do Norte e Posto de Saúde D. Edméia (Nova Esperança). Em Cantagalo e Âncora, o atendimento é às sextas-feiras e, somente no Centro de Saúde Extensão do Bosque, a coleta é realizada todos os dias das 7h às 10h, com limite de 100 atendimentos.

Para o maquinista Jorge Siqueira, que realizou o procedimento no Posto de Saúde do Âncora, a descentralização do serviço foi uma boa iniciativa da Administração Municipal.

“Agora ficou mais fácil. Quando precisar, vou poder fazer a coleta para exame de sangue mais perto de casa. Isso traz uma comodidade maior para a população”, disse Jorge.

Outra usuária do serviço, a aposentada Fernanda Paulina Pinto, também elogiou o trabalho. “Não preciso mais pegar van para fazer o exame. Foi uma iniciativa muito boa”, acrescentou.

O gerente do Posto de Saúde Dona Edmeia – Casa da Vacinação, Matheus Marlon Faria, ressaltou que esse atendimento é um novo desafio e que uma equipe de cinco profissionais está a frente deste trabalho na unidade, que faz a marcação às terças-feiras, às 9h, e coleta às quintas-feiras.

“Não tínhamos esse serviço há mais de um ano no Município e aqui também. É um desafio, mais é muito gratificante ver a satisfação da comunidade local. Além disso, os médicos também podem acompanhar melhor os pacientes na íntegra”, destacou Matheus.

                                                      DOCUMENTAÇÃO 

 Para fazer a marcação e coleta de sangue, os pacientes precisam apresentar a requisição de exame, documento de identidade com foto, cartão do SUS e comprovante de residência.  

 

1 COMENTÁRIO

  1. Em 2016 contrai xicungunha, atravéz da Doutora foi pedido um exame de sangue que fiz na unidade de salsão,bem este sangue coleta teria que ser encaminhado a o Instituto Osvaldo Cruz sendo que até o término do governo do ex prefeito Sabino o sangue coletado continuava aqui por falta de transporte,resumindo até hoje não sei o destino do material coleta ou resultado de análise,Gostaria muito de saber o que aconteceu.Bom dia, agradeço o espaço para reendifica reendifica nossos direitos que o Município nos proporciona

DEIXE UMA RESPOSTA