Rio das Ostras apresenta Sistema de Videomonitoramento ampliado

0
2128
Central de Monitoramento da Guarda Municipal de Rio das Ostras-RJ-Divulgação.

 A Prefeitura de Rio das Ostras promoveu nesta quinta-feira, dia 14, o lançamento do novo Sistema de Videomonitoramento ampliado. A iniciativa é fruto de um convênio com a Petrobras, por intermédio do Programa de Desenvolvimento Social de Macaé e Região (Prodesmar). O evento contou com a participação de representantes de órgãos de Segurança Pública, da imprensa, de secretários municipais e do prefeito Alcebíades Sabino. A Cidade passa a contar com 30 câmeras de segurança, instaladas em pontos estratégicos, que contribuirão para a organização do trânsito, acompanhamento de acidentes e vítimas e ainda para coibir crimes – como apoio ao trabalho das polícias.

Centro de Monitoramento da Guarda Municipal de Rio das Ostras-RJ-Divulgação
Centro de Monitoramento da Guarda Municipal de Rio das Ostras-RJ-Divulgação

Os participantes também conheceram a nova Central de Videomonitoramento, que foi atualizada e recebeu novos monitores, interligados às câmeras instaladas. As primeiras 20 câmeras fazem o monitoramento desde 2013. Em março deste ano, entraram em operação outras 10, instaladas em postes exclusivos, a 12 metros de altura. Os equipamentos possuem precisão no registro de imagens em 360º e zoom de um quilômetro. O sistema foi atualizado para suportar até o dobro das câmeras atuais. A Central é operada 24 horas, diariamente, por guardas municipais que se revezam em turnos, monitorando as imagens das câmeras com joystick.

Representantes do Governo Municipal a Polícia-Militar e da Petrobras-Allexandre-Costa.
Representantes do Governo Municipal da Polícia-Militar e da Petrobras-Divulgação.

Presente à reunião do Prodesmar, o prefeito Sabino destacou a importância da parceria entre a Petrobras e os Municípios da Região para o desenvolvimento de uma política de Segurança em conjunto.

Paulo Cesar Viana-Secretário Municipal de Segurança de Rio das Ostras-RJ-Arquivo: De Olho em Rio das Ostras-RJ
Paulo Cesar Viana-Secretário Municipal de Segurança de Rio das Ostras-RJ-Arquivo: De Olho em Rio das Ostras-RJ

O secretário de Segurança Pública, Paulo César Viana, disse que houve uma mudança no conceito de utilização de câmeras. “Em 2013, das 10 câmeras existentes, seis estavam voltadas para o monitoramento do trânsito. Mudamos o contexto, em vez de cuidar de carros, vamos cuidar das pessoas. Por isso, nosso foco foi instalar as câmeras nas imediações de escolas. Além da instalação das 30 câmeras, também tivemos um upgrade no sistema, possibilitando a instalação de mais 50 câmeras no futuro”, explicou.

Para o representante de Rio das Ostras no Prodesmar, Vladimir Macedo, o convênio é uma evolução na articulação da política pública na Região.

“A instalação de câmeras nas escolas representa o cuidado que temos com o nosso maior patrimônio, nossas crianças. O crime não respeita divisas. A violência em um município traz impacto direto nas cidades vizinhas. Os problemas são regionais, portanto, temos que buscar soluções conjuntas”,  disse.

O convênio firmado pelo Município e a Petrobras com valor inicial de aproximadamente de R$ 657 mil, foi executado por cerca de R$ 605 mil, gerando uma economia de mais de R$ 50 mil. O gerente de Comunicação da Petrobras e representante da empresa no Prodesmar, Vaney Cunha, destacou o “trabalho árduo” para a realização do convênio.

“Desde 1992, a Petrobras tem uma participação em ações para o desenvolvimento da Região. O investimento de R$ 600 mil certamente será revertido em benefícios para a sociedade. Ações como estas beneficiam a Petrobras, seus colaboradores e fornecedores e o Poder Público”, observou.

                                             COMBATE AO CRIME

O comandante do 32º Batalhão de Polícia Militar, o tenente-coronel Marco Aurélio Ciarlini Guarabyra Vollmer, elogiou o convênio, destacando a necessidade de envolvimento da sociedade para o combate à criminalidade.

“A segurança requer uma estrutura grande, é um investimento grande. Por isso, é fundamental o investimento em tecnologia. Já fizemos várias prisões importantes com o auxílio de câmeras. Estas imagens vão ser compartilhadas com o Batalhão de Rio das Ostras e nos ajudar na prevenção de crimes”, disse.

O Programa também beneficiou os municípios de Macaé, que recebe oito câmeras, e Carapebus, atendida com seis equipamentos. O planejamento é que no futuro haja a integração dos três municípios na sala de Controle do Batalhão 32º BPM (COBAT/32) e na Sala da Superintendência de Comando e Controle, da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro (SESEG).

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA