CEDAE Reconhece a Gravidade da Erosão da Praias da Tartaruga em Rio das Ostras.

0
2711
Praia da Tartaruga-Foto:De Olho em Rio das Ostras-RJ

Companhia encaminhou ofício à Secretaria de Obras do Estado, órgão competente para solucionar a questão

A Companhia de Águas e Esgotos do Estado – Cedae respondeu ao ofício encaminhado pela Prefeitura de Rio das Ostras, no qual o Município informa sobre os riscos da erosão na Praia da Tartaruga às tubulações de água instaladas na Rodovia Amaral Peixoto. Na resposta, a Cedae reconhece que a situação na Orla é grave e apresenta uma solicitação de ação urgente encaminhada à Secretaria de Estado de Obras, órgão que reconhece como responsável por solucionar o problema.

Divulgação.
Divulgação.

O ofício enviado à Cedae foi um dos cinco documentos encaminhados pela Prefeitura a diferentes órgãos estaduais, incluindo ao gabinete do Governador Luiz Fernando Pezão. Há mais de um ano, o Município vem pedindo providências para conter os estragos causados pelo mar, que já avançou mais de oito metros sobre a Orla.

“Assim, por entender a solução necessária, grave e urgente, encaminho manifestação do assessor técnico da nossa Diretoria de Distribuição e Comercialização do Interior – DI, que sugere a essa Secretaria de Estado de Obras, como órgão competente e superior aos entes envolvidos, contratar, em caráter emergencial, o projeto executivo e as obras que o mesmo contemplar, evitando-se uma possível catástrofe e preservando-se a infraestrutura patrimonial do Estado”, descreve o documento da Cedae, assinado pelo presidente da Companhia, Jorge Luiz Briard.

ESTUDOS- Como resultado dos esforços do Município, em março de 2015, equipes da Coppe/UFRJ estiveram no local, fazendo um levantamento topográfico e sondagem da área. O resultado do projeto já foi apresentado ao Governo do Estado.
Além de interditar parte da rodovia, por medida de segurança, o Município já encaminhou oficio à Defesa Civil Estadual, solicitando o desvio do tráfego de caminhões e ônibus neste trecho para evitar acidentes.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA