Rio das Ostras retoma serviço de manutenção da iluminação pública

0
465

As lâmpadas apagadas nas vias públicas de Rio das Ostras estão com os dias contados. Após a liberação do edital para contratação do serviço feita pelo Tribunal de Contas, a Administração Municipal finalizou o processo licitatório permitindo que a prefeitura iniciasse essa semana, os serviços de manutenção e recuperação de todo o sistema de iluminação pública do município.

Atualmente Rio das Ostras conta com uma defasagem de mais de 6 mil pontos de luz com problemas e sem manutenção. O trabalhou começou a ser executado com um planejamento estratégico. Primeiro, as equipes estão fazendo uma vistoria no sistema, em todas as caixas de comando, responsáveis pelo acionamento das lâmpadas. A troca de lâmpadas queimadas e com algum tipo de defeitos será executada após a verificação de todo o sistema. A previsão é de que esse serviço comece já na próxima semana.

O contrato da empresa responsável pela manutenção prevê ainda a vistoria em aproximadamente 22 mil pontos de iluminação na cidade e a implantação de uma telegestão de iluminação pública com tecnologia de “led” em, no mínimo, mil pontos. Essa tecnologia vai garantir um menor consumo e permitir, automaticamente e remotamente, o desligamento e a redução de intensidade em locais pouco movimentados.

De acordo com o secretário de Manutenção de Infraestrutura e Obras Públicas, Nilton Rodrigues Teixeira, o serviço vai atender todas as localidades do município o mais rápido possível. “Inicialmente duas equipes estão trabalhando, mas a previsão é de aumentarmos em até quatro equipes para atendermos todos os cantos da cidade de forma mais rápida”, esclareceu.

Moradora do Jardim Mariléa, a aposentada Rosa Maria Vieira, se entusiasmou com o início do serviço de manutenção. “Não tenho mais saído a noite porque as ruas estão escuras e tenho medo de assalto. Com as ruas mais claras, vai ficar mais seguro”, opinou.

DEFASAGEM

Assim que assumiu o governo este ano, a Administração Municipal encontrou Rio das Ostras com um débito de aproximadamente R$ 3,5 milhões com a concessionária de iluminação pública relativo à falta de pagamento nos meses de outubro, novembro e dezembro de 2016, mais de dois mil pontos de luz queimados e danificados e com o contrato em vigência sem recursos disponíveis para execução de serviços. Atualmente o número de pontos sem manutenção chega a seis mil em toda a cidade.

 

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA